segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Taxonomia de Mikania no RS

Taxonomia de Mikania Willd. (Asteraceae) no Rio Grande do Sul, Brasil

Mara Rejane Ritter
Silvia Teresinha Sfoggia Miotto

PDF

RESUMO

Este trabalho é um levantamento das espécies de Mikania (Asteraceae) que ocorrem no Rio Grande do Sul. São apresentadas considerações sobre a morfologia do gênero, bem como são discutidas propostas de classificação infragenérica. Realizou-se uma ampla revisão de citações de espécies para o sul do Brasil. Foram encontradas 39 espécies de Mikania para o Estado, sendo uma decumbente, seis eretas e 32 trepadoras ou apoiantes. São apresentadas uma chave de identificação para as espécies, descrições acompanhadas de ilustrações, considerações sobre hábitat, dados fenológicos, distribuição geográfica e problemas taxonômicos. A sinonímia de cada espécie foi revisada.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Coletas em São José dos Ausentes



A. Monte Negro: ponto mais alto do RS.
B. São José dos Ausentes: campos nativos.
C. Trixis lessingii: asterácea de banhados
D. Baccharis hypericifolia
E. Dicksonia sp.
F. Nossa equipe: Priscila, Verônica, Rafael e Giovana, e eu batendo a foto
G. Pamphalea cardaminifolia
H. Gelasine coerulea

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Espécie desconhecida

Nesta última coleta realizada em SC, encontramos uma asterácea muito interresante, mas que só agora, conseguimos identificá-la.

Se tratava de Picrosia cabreriana, espécie restrita a banhados da Argentina e Sul do Brasil. Apresentando ocorrência rara, ela é encontrada em campos úmidos na Serra Gaúcha e Catarinense. Difere de Picrosia longifolia pelas flores liláses e cipselas não rostradas.

Confira as fotos.